siga nossas
redes sociais:

“Temos que cuidar das nossas famílias”, alerta Samuel

21 de Março de 2018, 05:24

O deputado estadual Capitão Samuel (PSL) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã dessa terça-feira (20), para destacar as atividades do Batalhão da Restauração (Centro de Reabilitação de Dependentes Químicos), no município de São Cristóvão. Durante seu discurso, o parlamentar agradeceu a todos que fazem a TV Alese e exibiu uma reportagem especial produzida no dia da apresentação do Batalhão. Segundo o parlamentar, cerca de 22 mil sergipanos hoje são viciados em crack.

Ao fazer seu pronunciamento, Samuel destacou o curso de especialização intensiva sobre dependência química e tratamentos, que participou durante toda a semana passada na cidade de Campinas, em São Paulo. “Quero agradecer a todos que fazem a TV Alese pela reportagem e quero destacar o curso que participei em São Paulo, ministrado pelo Padre Haroldo, que tem 99 anos, mas que é bastante lúcido e cujo curso é maravilhoso, onde aprendemos técnicas para serem implantadas aqui em Sergipe”.

Samuel explicou ainda que ninguém tem a “fórmula mágica” para resolver o problema da dependência química. “O Batalhão da Restauração é uma luta diária que travamos para mantê-lo ativo. Estamos lutando para tirar essas pessoas do mundo das drogas. Eles se alimentam quatro vezes no dia e nós dependemos de doações. Muitos chegam apenas com a roupa no corpo e nós encaminhamos ao CAPs. Se o paciente aceitar, a gente o acolhe. E quem não quiser ficar, pode ir embora. Nós não prendemos ninguém!”.

O deputado relatou que atualmente são 25 beneficiados pelo Batalhão e que, terminando a reforma em um imóvel da unidade, a capacidade chegará a 100 acolhidos. “Temos mais de 250 famílias na fila de espera, gente que entrou em contato conosco precisando de ajuda. Nós mantemos o contato com outras entidades de Sergipe e de outros Estados e encaminhamos os pacientes”.

“Temos que cuidar das nossas famílias porque em Sergipe nós temos hoje cerca de 22 mil viciados em crack. O Governo do Estado não gastou um real com esse trabalho, como também os municípios. Esta é a realidade”, concluiu o Capitão Samuel, recebendo o apoio dos deputados Moritos Matos (REDE) e Maria Mendonça (PP).

Da Agência de Notícias Alese

Foto: Jadílson Simões