siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

TSE decide pela legitimidade do mandato de vereador de Seu Marcos

16 de Abril de 2018, 16:55

 

 

Por Marta Costa

O parecer expedido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) legitima a vitória do vereador Seu Marcos (PHS) nas eleições municipais de 2016. A decisão, divulgada na última quinta-feira, 12, em Diário Oficial, manteve a mesma determinação do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE), afastando assim qualquer possibilidade de ilegalidade cometida pelo parlamentar durante o último pleito.

A análise jurídica do relator do TSE a pedido do Ministério Público Federal (MPF) reafirma que as provas apresentadas pela acusação da suplente do Partido Verde são inconsistentes , assim como os testemunhos anexados ao processo. Para a justiça “a prova testemunhal também é inviável para a condenação no caso dos autos, tendo em vista serem cooptadas pelos adversários políticos dos agravados para prestarem depoimentos desfavoráveis ao acusado”. Ou seja, de acordo com o relator, todas as testemunhas apresentadas pela acusação foram orientadas a falar mau das ações do vereador. A sentença ressalta também que não houve ‘prática ilegal’, nem abuso de ‘poder econômico’ por parte do acusado.

Para Seu Marcos, a decisão reforça não só a sua inocência, como também o primeiro entendimento da justiça sergipana. “ Não usei nenhum tipo de artifício para chegar a Câmara Municipal. Trabalho há anos nas comunidades, conheço aquela região. Não comprei votos e nem ofereci serviços em troca de nada. Sou um homem simples, pobre, com poucos recursos, mas carrego comigo a vontade de levar mais de dignidade ao povo da Zona Norte e isso deve incomodar bastante os que se acham poderosos”, disse.

Seu Marcos enfatizou ter confiança na justiça brasileira. “Estamos em tempos difíceis, mas acredito em nossa justiça. Mais uma vez, foi séria, honesta e sábia na avaliação . Agradeço a Deus e aos aracajuanos que não acreditaram nas mentiras que criaram para me derrubar e tirar a legitimidade dos votos que recebi", destacou.