siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Valdevan Noventa defende aposentadoria especial para condutores de ambulância

13 de Março de 2019, 16:47

O deputado federal Valdevan Noventa (PSC-SE) recebeu na manhã da quarta-feira (13) representantes da Associação Brasileira dos Condutores de Ambulância (Abramca). Na ocasião, os representantes de todas as partes do país, inclusive Sergipe, solicitaram apoio para pautar o Requerimento de Urgência que trata do exercício da atividade dos condutores. “Daremos esse suporte legislativo a esses profissionais que constantemente vivem em risco. Eles batalham por essa regulamentação e por uma aposentadoria especial”, disse Valdevan.

Para Noventa, é justa a reivindicação da Abramca. Ele reafirma que os condutores conduzem o veículo de emergência, ainda auxiliam a equipe de saúde no atendimento ao paciente. “O condutor faz parte de uma categoria diferenciada, não transporta objetos, mas sim pacientes debilitados. Necessita, portanto, de uma formação especializada para auxiliar a equipe de saúde”, explicou o deputado.

O parlamentar tratou, ainda, do enquadramento e direito à aposentadoria especial dos profissionais. “É oportuno informar que ao término da remoção ou resgate de um paciente, e o condutor que realiza a limpeza do veículo, sendo que muitas vezes, o referido veículo, se encontra totalmente sujo de sangue e demais fluidos biológicos das mais variadas espécie, expondo mais uma vez, o condutor de forma direta”, disse Valdevan.

Aposentadoria especial

Para o presidente do Sindicato dos condutores de ambulância de Sergipe, Adilson Capote, a chegada de Valdevan neste caso ajuda a encaminhar uma solução para o problema. “Tentamos melhorar as condições dos trabalhadores que atuam em situações insalubres. Solicitamos do deputado sergipano o empenho na luta na previdência com toda essa condição. Devemos ter uma aposentadoria especial por conta de todos esses riscos”, disse Capote.

Valdevan irá se reunir com o presidente para tratar do requerimento de urgência. “O meu comprometimento, lutarei e defenderei essa classe do início ao fim. Abraçarei todas as causas dos trabalhadores, que são os mais sofridos. Vamos lutar para combater essa reforma do modo que foi apresentada, pois ela prejudica a classe trabalhadora”, disse Valdevan.

Por Humberto Júnior

Foto assessoria