siga nossas
redes sociais:

Apple é multada em R$ 118 milhões por piorar desempenho de iPhones antigos de propósito

07 de Fevereiro de 2020, 17:17

Nesta sexta-feira (7), o órgão de defesa do consumidor da França anunciou que multou a Apple em 25 milhões de euros (cerca de R$ 118 milhões) por "desacelerar intencionalmente" modelos mais antigos de iPhone com uma atualização de software.

A ação segue uma investigação da Direção Geral de Concorrência, Consumo e Supressão de Fraude (DGCCRF), iniciada em janeiro de 2018, após a Apple admitir que o iOS diminuiu o desempenho de iPhones mais antigos para combater os problemas encontrados no envelhecimento das baterias de íon de lítio.

A investigação descobriu que os proprietários de smartphones dos modelos iPhone 6iPhone SE e iPhone 7 não foram informados de que a instalação do iOS 10.2.1 e 11.2 "provavelmente desaceleraria a operação do dispositivo" devido ao recurso de gerenciamento de energia.

Análises complementares concluíram que a falta de informação ao consumidor constituía uma prática comercial enganosa por omissão. Os usuários eram obrigados a substituir a bateria dos dispositivos para não serem afetados pelo problema ou, no pior dos casos, trocar de aparelho.

Em resposta à declaração do órgão francês, a Apple declarou à France24 que "aceitou" a multa aplicada e que seu objetivo é apenas fazer com que os iPhones "durem o máximo possível".

FONTE: Olhar Digital.