siga nossas
redes sociais:

Contra a Reforma da Previdência, CUT prepara Greve Geral

25 de Abril de 2019, 05:01

Professor Dudu e os presidentes da CUT nos demais estados se reúnem por dois dias com a direção nacional para discutir a mobilização dos trabalhadores rumo à Greve Geral

Por: Iracema Corso

Dia 1° de Maio, Greve Geral e Reforma da Previdência são alguns dos temas discutidos por lideranças sindicais de todo o Brasil que participam da reunião da Direção Nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), extensiva aos presidentes das CUTs estaduais e ramos.

A atividade de resistência contra perda de direitos e o retrocesso democrático, acontece há dois dias, 23 e 24/4, no bairro do Brás, em São Paulo.

Entre as lideranças sindicais presentes, o presidente da CUT/SE, professor Dudu revelou que os dirigentes estaduais deram ânimo e energia positiva para a direção nacional estimulando a construção da greve geral. “Sindicalistas de todo o Brasil se pronunciaram em sintonia para afirmar que a greve geral é necessária e estamos no momento certo. Não podemos passar batido. Haverá reunião com outras centrais sindicais e faremos esta defesa. Esperar para agosto é muito tarde. A Reforma da Previdência pode estar num estágio de debate avançado no Congresso. Todos os trabalhadores brasileiros precisam se juntar e parar o Brasil em defesa do nosso direito à aposentadoria e à Previdência Social Pública. Gerar um clima na base é importante para que tenhamos uma greve geral forte. Todo mundo entende que o momento é crucial. Ou todo mudo reage coletivamente, ou não sobrará nada do ponto de vista da conquista dos trabalhadores”.

O professor Dudu informou que nesta sexta-feira, dia 26/4, haverá uma reunião com as demais centrais sindicais para discutir data e estratégias de mobilização para barrar a Reforma da Previdência.

Foto assessoria