siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Tecnologia: Parceria inusitada une Samsung e Apple.

07 de Janeiro de 2019, 09:36

Rivais, e não parceiras, seria a palavra que viria à sua mente quando alguém fizesse a pergunta sobre a relação entre a Samsung e a Apple. No entanto, isso mudou logo na véspera da CES 2019 (Consumer Electronics Show), o evento de tecnologia multisetorial mais importante dos Estados Unidos, realizado em Las Vegas. As smart TVs da Samsung serão as primeiras do mundo a contar com suporte para o iTunes, a loja virtual de filmes e shows da Apple.

Com um modelo de TV de 2018, das linhas UHD ou QLED, os consumidores poderão, a partir do fim de janeiro, acessar, comprar ou alugar conteúdos do iTunes, que oferece conteúdos em resolução 4K e também com HDR (tecnologia que otimiza brilho e contraste das cenas em TVs compatíveis). Novas TVs de categoria premium lançadas em 2019 já devem chegar com suporte ao iTunes, de acordo com a Samsung.

A parceria dispensa a necessidade de o consumidor ter que comprar a Apple TV para acessar os conteúdos que possui no ecossistema da Apple. Ou seja, um hardware que pode custar até 1.399 reais deixa de ser indispensável para esse fim.

Além do acesso à loja sem precisar de um produto específico, as smart TVs da Samsung também terão compatibilidade do AirPlay, que permite espelhamento da tela de iPhones e iPads no televisor. O recurso está previsto para chegar a partir da segunda quinzena de março deste ano, em mais de 190 países.

“Essa parceria não é algo surpreendente em relação à filosofia da Samsung. O que falamos de Internet das Coisas é que temos sistema aberto, que permite que desenvolvedores criem soluções. Não fazemos nada fechado, poderíamos fazer, porque temos celular, notebook, geladeira, máquina de lavar, ar condicionado, TV, temos tudo para fazer um sistema fechado. Mas preferimos colocar o consumidor no centro e a tecnologia em volta, com o objetivo de oferecer uma vida mais eficiente, com mais facilidades”, afirma Mário Lafitte, vice-presidente de assuntos corporativos e de marketing da Samsung para a América Latina, em entrevista a EXAME.

A Samsung já oferecia, em suas Smart TVs, a loja Google Play Filmes, e agora conta com mais uma opção para aluguel e compra de filmes–em tempos de fragmentação das plataformas de streaming. O iTunes conta com preços mais baixos do que os oferecidos pelo Play Filmes, uma vez que, semanalmente, uma seção de filmes promocionais por 9,90 reais cada é atualizada.

O iTunes passou a cobrar valores em reais em 2018, quando a Apple lançou no Brasil a Apple TV 4K, que dá acesso à loja e reproduz vídeos em resolução 4K, desde que a TV tenha tal resolução.

Não é a primeira vez que a Samsung busca parcerias para ampliar a oferta de conteúdo em 4K nas suas TVs. No ano passado, a empresa se uniu à emissora SporTV para oferecer um aplicativo que transmitiu, gratuitamente, 56 jogos da Copa do Mundo na Rússia.

Para a Apple, que vê uma queda na venda de iPhones, apesar do aumento do preço de cada unidade, a parceria faz sentido. Analistas de mercado já previam, no fim de 2018, que a companhia de Cupertino passaria a centrar esforços no campo dos serviços para manter sua posição de liderança como empresa mais valiosa do mundo. Com isso, até a rivalidade com a Samsung foi deixada de lado.

FONTE: EXAME.

  • Medium 3d3e5839be65817aec852962e1fea84c