siga nossas
redes sociais:

Estado de Sergipe atinge meta geral de vacinação contra a Gripe

12 de Junho de 2019, 10:58

A gerência de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que o estado de Sergipe atingiu a meta geral de vacinação contra a Influenza.  Até este momento 511.512 pessoas foram vacinadas, o que corresponde a 90,09% da população e, dos 75 municípios, 61 estão acima dos 90% de cobertura. Aqueles que ainda não atingiram a meta têm até o dia 12 de junho para intensificar suas campanhas, realizar busca ativa e alimentar o sistema de informações de doses aplicadas.

"Os municípios ainda continuam trabalhando porque o sistema continua aberto para alimentação de informações de doses aplicadas até o dia 12. Os grupos de crianças, gestantes, profissionais da saúde e puérperas ainda estão com cobertura baixa e à proporção que forem acabando os estoques de vacinas nos municípios, a campanha vai terminando dentro de cada localidade, mas temos até o dia 12 ainda e há tempo de atingir a meta. Então aqueles municípios que ainda não atingiram a meta no geral, estão fazendo buscas para que a gente melhore a cobertura, principalmente de crianças. Mas continuamos vacinando até durarem os estoques. De modo geral o estado de Sergipe atingiu a meta", disse a gerente de Imunização Sândala Teles.

Os 14 municípios que ainda não atingiram a meta são: Aquidabã que está com 85,14% de cobertura, Aracaju aparece com 83,46%, Brejo Grande com 88,44, Cumbe está com 84,75%, Estância com 85,39%, Gararu 87,34%, Laranjeiras com 78,63%, Nossa Senhora Aparecida com 88,65%, Nossa Senhora do Socorro atingiu 79,89%, Poço Verde vacinou 88,73%, Riachão do Dantas com 79,55% da meta, Rosário do Catete 81,87%, Santa Luzia do Itanhy com 80,97% e Tobias Barreto aparece no sistema com 88,35% de cobertura.

Quanto aos grupos prioritários, atingiram a meta: indígenas com cobertura de 117,53%, idosos com 95,92%, professores de escolas públicas e privadas aparecem com 107,82% e pessoas com doenças crônicas, 95,65%. Os demais grupos estão abaixo, são eles: crianças atingiu, até o momento, 84,37%, gestantes 81,65%, trabalhadores da saúde aparecem com 86,31%, puérperas com 89,67%, população privada de liberdade está com 64,95% de cobertura, funcionários do sistema prisional com 60,91% e policiais civis, militares bombeiros e membros ativos das forças armadas marcam 50,21%.

Da assessoria