siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Huse registra 247 vítimas por intoxicação no primeiro trimestre deste ano

12 de Abril de 2018, 15:53

No primeiro trimestre desse ano (janeiro a março de 2018), as vítimas por intoxicação que registraram atendimentos no Pronto Socorro do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) somaram 247 atendimentos. No mesmo período do ano passado (2017), o número foi menor e registrou 176 casos de atendimentos por intoxicação.

São intoxicações por medicamentos, produtos químicos, plantas venenosas, animais peçonhentos, combustível inflamável, drogas ilícitas e que muitas vezes causam riscos a saúde e trazem sequelas irreversíveis.

O Centro de Informação e Investigação Toxicológica (Ciatox) é um serviço disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento, prevenção, diagnóstico de pessoas vítimas de intoxicação. O serviço, disponibilizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), está localizado no Huse.

A professora Elza Maria Tavares, trouxe o filho que sofreu uma intoxicação com medicação. Ela explica que o jovem fez a ingestão do medicamento para tratar de uma alergia. “A dosagem foi maior que o indicado e meu filho começou a ficar sem conseguir respirar e com o corpo vermelho e quente. Eu não pensei duas vezes e vim direto buscar ajuda no hospital. Ele já foi medicado e já apresenta melhoras, graças a Deus”, disse.

Alguns cuidados devem ser redobrados em casa com crianças e produtos de limpeza mantendo-os afastados e fora do alcance delas, além da orientação médica em caso de dosagem de remédios, já que a automedicação não é aconselhável pelos médicos e considerada uma prática perigosa.

 

 

  • Medium e3d45284387a2bbffaa50602d844bc01