siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Mutirão contra o Diabetes movimenta bairro Santos Dumont

16 de Abril de 2018, 07:31

Ação muito esperada pelos aracajuanos, a equipe do Mutirão contra o Diabetes chegou ao bairro Santos Dumont para ofertar serviços gratuitos como teste de glicemia, aferição da pressão arterial, dicas alimentação saudável com nutricionistas, consulta com o médico endocrinologista Raimundo Sotero, consulta oftalmológica e muito mais. Cerca de 300 pessoas estiveram no Colégio Cândido Portinari neste sábado, 14, para fazer os testes preventivos. O Mutirão é mais uma ação parceira entre vereador Professor Bittencourt, o Centro de Diabetes de Sergipe e a Clínica de Olhos Santo Antônio (Cosa).

"Ações dessa natureza estimulam as pessoas a cuidar mais da saúde. É a partir de um simples exame que é possível identificar se tem diabetes ou não. Quanto mais cedo descobrir, a pessoa pode se tratar e ter uma vida mais tranquila. Para esta edição, trouxemos artistas da comunidade para animar os participantes e a presença de profissionais da oftalmologia para realizar exames daquelas pessoas que fossem identificadas como diabéticas ou pré-diabéticas" , afirmou Bittencourt.

O parlamentar agradeceu, mais uma vez, por toda a dedicação do médico Raimundo Sotero e equipe da Unit e Farmácia Pague Menos para a realização do Mutirão. "Ao saber que Dr Sotero está na comunidade, as pessoas vêm ao seu encontro. Ele é um militante da prevenção do diabetes. Os amigos do Santos Dumont ficaram felizes porque conversaram com ele e receberam orientações", destacou o líder do prefeito da Câmara, que também agradeceu aos parceiros "Os Caatingas - mídia livre" e ao Centro Cultural Erukerê.

O aposentado José do Carmo chegou cedo. Ao ter conhecimento do Mutirão,  não mediu esforços e foi garantir o seu exame. "Estava na feira do bairro  quando soube que aqui teriam exames de graça e consulta médica. Sou diabético e tenho uma alimentação saudável. Ser consultado por Dr Sotero é uma benção. Agradecemos ao Bittencourt por sempre lembrar da comunidade", comemorou.

A dona de casa Lúcia Santos também esteve presente. "Uma vizinha me informou que teria esse mutirão e não pensei duas vezes: trouxe meus filhos para saber se são diabéticos porque meu esposo tem a doença. Graças a Deus, o resultado deu negativo. Aproveitei e liguei para minha irmã que mora no São Conrado. E ela veio", disse.

Morador do Santos Dumont, o aposentado José Lima contou que é grande a presença de idosos do bairro. Para ele, o Mutirão foi bem-vindo. "Muitos têm dificuldade para ir a um posto de saúde. Esse Mutirão foi uma benção. Eu e meus amigos fizemos os exames para ver o IMC, aferimos a pressão, a medição da circunferência e muitos outros. Temos que nos tratar para ter uma velhice saudável. Agradeço ao vereador Bittencourt, ao Dr Sotero e às profissionais pelo carinho", comentou.

Para o médico Raimundo Sotero, prevenir é o maior remédio. A visita constante a um profissional da saúde, alimentação saudável e atividades físicas são fatores que contribuem para que a pessoa viva sem o diabetes. Mas é preciso identificar o quanto antes.

"A prevenção deve ser feita com antecedência. A cada Mutirão, identificamos um grande número de pessoas com o diabetes, inclusive jovens e crianças. Temos a responsabilidade de cuidar dessa pessoas. O diabetes é uma doença silenciosa. Quem não sente, acha que não tem. Se a pessoa possui histórico familiar, é fundamental averiguar desde cedo, examinar coração, artérias e carótidas. A cada Mutirão, percebemos como as pessoas estão preocupadas e atentas", alertou.

Foto: Lucas Foto e Vídeo